domingo, 1 de agosto de 2010

A cura interior consiste muitas vezes num longo processo!

Oi blog!
Cá estou eu mais uma vez, após um tempo de descanso!
Descanso da internet, da digitação, coisas, enfim!
Pura falta de assunto!
E postar hoje é quase que inútil, já que as estatísticas comprovam que pouquíssimos acessam o blog durante o domingo!
Acredito que seja porque a maioria que entra aqui, geralmente é no trabalho e também porque costumeiramente entra através de atualizações que faço no Twitter e no Orkut! Além do Facebook!

Falando nisso ontem trabalhei com duas meninas, num serviço de divulgação, no centro da minha cidade! Foi legal falar com duas universitárias sobre as redes sociais! Além de elas gostarem, elas precisam disso! Faz parte do currículo! Imagina só! Uma faz publicidade e propagando e a outra faz jornalismo! Se não me engano!!!

Tá aqui uma foto que tirei com elas!!!

Camila, Juliane e eu

Nessa semana também começo uma nova etapa de minha vida!
Finalmente começo o inglês, algo que sempre quis fazer mas nunca me apliquei de verdade, embora ame esse idioma!
Sempre gostei, desde criança!

E também a hidroginástica, no caso!
Andei pesquisando os benefícios dessa modalidade de exercício físico, para ver se realmente valeria a pena!
Não sei você, mas sabe quando a gente se sente mais pesado do que é?! Um cansaço do nada e indisposição chata?! Então!
Segundo o meu amigo Chagas (que aniversariou ontem! Parabéns!), quando começamos a academia, tudo isso desaparece! Aaaah! Que bom!
Tô precisando mesmo!
Cheguei na casa dos 30, e a Sandra, outra amiga minha, diz que agora, é mais do que hora de se cuidar com cuidado redobrado! Rsrsrs! Ok, ok!

Bem, era isso!
Vira e mexe penso em parar de escrever aqui, sabe?!
Psicologicamente, é uma terapia escrever!
Alguns estudiosos dizem que quem mantém um blog, um diário ou coisa assim, é porque tem dificuldade nos relacionamentos!
Confesso que eu me abria bem mais com os meus amigos, mas sempre tive alguém em quem mais confiei para falar mais de mim!
Mas ultimamente estou passando pela experiência de me guardar mais para mim mesmo!
Partilho isso aqui porque poder ser que mais alguém passe por essa experiência!
Não é nada de anormal, viu?!
Nossa vida é feita de fases! Em umas, nos sentimos rodeados de amigos! Outras vezes, nos sentimos sós na multidão! E muitas dessas vezes, o mais incrível é que ninguém percebe! E se percebe, finge não perceber!
Por que?!
Não sei!
Desisti de querer entender tudo faz tempo!
Se isso faz bem ou mal, o tempo irá dizer!
E outra coisa mega importante: Todas as pessoas podem faltar em nossa vida. Claro, isso é triste! Mas quem não pode faltar de jeito nenhum, é Deus!

Ontem, na Missa das 19h00, o Padre Tiquinho citou uma um acontecimento da vida de Chiara Lubich, fundadora do movimento dos Focolare.

Certa vez, ela procurou um Padre para dizer que gostaria de se tornar religiosa! Mas o Padre disse à ela:
"Estás doida?! Levarás uma vida totalmente solitária!"
Ao que ela respondeu:
"Enquanto existir um tabernáculo com Jesus lá dentro, eu jamais me sentirei ou estarei sózinha!"
Uau! Que resposta fantástica!

Nas histórias e nas poesias, os fatos de solidão soam românticamente bonitos até! Mesmo com sofrimentos!
Na vida real, a coisa é bem diferente! Precisamos e queremos ser resgatados por pessoas que amamos, que nos amam mas que não entendem o momento. Aliás, ninguém tem a obrigação de saber o que se pássa dentro de nós! Bola de cristal é coisa dos contos!

Mas o que é real: Deus nunca nos abandona! Mesmo que nos sintamos sós! Ele está conosco!
Ele nos entende e não nos cobra das limitações que temos!
Podemos conversar com Ele sobre nossas misérias, sem medo de represálias ou coisas do tipo. E ao final de tudo, saímos com o coração curado! Ou em tratamento, uma vez que a cura interior consiste muitas vezes num longo processo!

Bem, esse post tá maior que o combinado! No fundo, queria que hoje alguém me escutasse, e acho que usei desse artifício para expressar minhas idéias nessa tarde de domingo!
O novo assusta! mas que esse mês que se inicia hoje nos traga os bons ventos de Deus e bons ventos de esperança de tempos melhores!
Melhores do que os que já vivemos!
Postar um comentário