quinta-feira, 15 de novembro de 2012

Meu jeito de amar.

Chega!
Acordei hoje com esse propósito!
Tomei coragem para escrever esse e-mail, declarando tudo isso que vou escrever pra você!

Amo sua maneira de sorrir!
Amo sua maneira de falar comigo, como ninguém mais faz!
Amo estar com você, nos bons e nos maus momentos.

Tá bom, vai... Nos bons é ótimo estar contigo.
Mas daí a concorrência é grande... Nos maus é que a diferença é feita!

Por isso... Seria loucura eu dizer que prefiro esses?! 

Bem... Retomando o raciocínio...

Dê sua mão aqui! Vamos sair pelo mundo!
Não importa o quê virá, aonde iremos ou o que faremos!

Quero ter a sorte e a benção de tê-la ao meu lado todos os dias! 
Fazê-la feliz com o que sou e com quem sou!

Qual a melhor forma de te alegrar? Qual a melhor forma de te ver feliz senão comigo?

Sim! Hoje tomei coragem!
Há sim um grande risco de essa mensagem ir pra lixeira, antes mesmo de ser enviada pra você... Mas quero ter forças de clicar no "Send" ao invés do "Delete"!

Meu jeito de amar é assim mesmo! 
Não sei se prefiro sua resposta via e-mail ou pessoalmente!

Vamos combinar assim... Pessoalmente!

Não... Não... Vai que sua resposta seja negativa... Seria demais pra mim!
Pronto!
Manda via e-mail! Mas daí seria tão impessoal...

Meu Deus!

Será que esse e-mail está sendo muito impessoal?!

Que poder é esse que você tem de fazer isso comigo?

Ah, já sei... Esse seu sorriso e esse seu olhar me lembram o por quê de eu me sentir assim...

Por quê não mandei essa mensagem antes...?

Tanta coisa teria sido evitada... Ou não!

Acredito que a vida é feita de muitas incertezas... E essas incertezas às vezes tem nome... 
E na minha vida e na minha realidade, essas incertezas levam o seu nome!

Bem... Quero dormir e acordar te fazendo a pessoa mais feliz da face da Terra!
Eu sei que... Não é fácil. 
O cotidiano tende à fazer com que a magia dos momentos terminem.

Mas com você quero que seja diferente...
Vou parar de escrever por aqui. Nada que eu coloque nessa mensagem poderá te convencer do quê digo e do quê sinto.

Agora... A dúvida que me sonda... "Send" ou "Delete"?


Postar um comentário