quinta-feira, 6 de agosto de 2009

Pelo simples ato de escrever!

Já fazia muito tempo que não me deparava com o meu WordPad!
Era aqui que sempre escrevia no blog e também no Recanto das Letras!
Isso já vai prá mais de um ano!
De lá prá cá taaanta coisa mudou!
Fatos, situações, pessoas...
Mas a vida sempre segue!
E hoje, enquanto ouço o Ministério Adoração e Vida no meu aparelho de som, deu-me vontade de escrever algo aqui!
Sei lá!
Uma sensação boa em ver essa telinha em branco, com todo o espaço do mundo prá que eu possa escrever o que quiser!
Poema?! Prosa?! Verso?!
Sinto que não devo me preocupar com isso! Até porque poeta não sou, muito menos trovador!
Um escritor amador, talvez?!
Julgue como quiser!
Até porque quando escrevemos, nem sabemos se as pessoas se darão ao trabalho de ler ou não! Mas mesmo assim, pelo simples fato de escrever, aqui estou eu!
Pensando se devo ou não postar esse texto no Recanto das Letras! De repente uma saudade desse site!
Muitas pessoas lá escrevem muito bem, e me deram a honra de suas leituras, algumas vezes!
Conheci pessoas (somente pela net) que me diziam "vá em frente!", "nunca deixe de escrever!"

Mas o tempo passa, e nem sempre a vontade persiste!
Até porque em tempos de Twitter, os blogs ficaram micros, e o meu dia-a-dia é melhor contado em 140 caracteres de cada vez!

Bem, no fim das contas, sei que esse texto ficará feliz se postado somente no blog mesmo!
Nem vou ter o trabalho de entrar no site do Recanto! Basta o meu blog!

Coloco um vídeo?! Não coloco?! Ponho uma foto?! Sem foto?!
Hun... Como é bom não saber!
Sempre dizia à uma grande amiga que tenho, que ela me ensinou à entender que nem sempre preciso de respostas para tudo! E dizia também que sempre pensei que eu precisásse tê-las!

Ok! Não as tenho! E nem por isso sou infeliz!
E terminando esse texto (para muitos sem sentido, mas quem disse que precisa ter mesmo), ainda não sei o que farei!

Se você estiver lendo o blog, já saberá o que fiz! Se coloquei foto, vídeo, ou o que mais me deu na telha!

Agradeço os minutos que você usou para ler esse texto!
Se você clicou em algum link, se já é conhecedor do meu endereço, sei lá!

Simplesmente agradeço!
Escrever é uma dádiva!
Viver, mais ainda!
Postar um comentário