terça-feira, 12 de março de 2013

Sobre o tempo que não temos mais e outros pensamentos...

Escravos do tempo.
Não temos mais tempo para nada e ninguém.
Todos com nossas vidas corridas, atrás de um tempo que se vai e que não volta nunca mais.
Cadê o tempo pra estudar que não tenho mais?
Tempo hoje em dia para mim é luxo. E é questão de escolhas. Escolhas essas que, a essa altura de minha vida, devem ser muito bem pensadas e analisadas.
Como me dedicar a certas coisas que ainda quero realizar?
É... Pelo visto, vai chegar uma hora na qual terei de decidir...

Mas é o que sempre digo: nada melhor do que um dia de cada vez!

Já comentei aqui que a vida ensina.

E tenho aprendido que devo aprender com cada oportunidade que ela me oferecer!
Chega uma hora em que a gente cansa da mesmice, né?
Graças a Deus! A vida é dinâmica!
Muda a toda hora!
Mais uma coisa que tenho aprendido!

Tempos atrás, um amigo disse uma coisa que vou levar pro resto de minha vida:
"Deus é verbo, e não substantivo. Por isso, tudo pode mudar, sempre!"

E eu achando que existiam verdades absolutas!
E o pior disso tudo, é que pensei assim durante anos!
Se mesmo Deus é Verbo, e não substantivo... Quem é que disse que tudo é pra sempre, né?!

Já dizia o poeta, que o "pra sempre sempre acaba"!

O negócio, nesses tempos, é dançar conforme a música. Entenda isso como quiser!
Digo isso porque me mostraram que cada um interpreta o que a gente escreve do jeito que quiser!

Não adianta querer que me entendam!
E nem precisa disso!
Sou apenas mais uma pessoa que levava o "título" de blogueiro que gosta de partilha idéias!
Sim... Levava! 

Fazia tempo que eu não ficava tanto tempo sem escrever entre um post e outro.
E parece que, ao fim de tudo, essa acaba sendo a minha janelinha para o mundo!
Sei que alguém me lê! Você o está fazendo agora!

Amava quando eu tinha tempo de sentar diante de alguém e conversar!
Isso é cada vez mais raro hoje em dia.

As pessoas cobram um tempo do qual não mais dispomos.
Culpa da vida que nos faz seguir em frente, implacável, sem dó nem piedade.

Estude! Se forme! Trabalhe! Sustente-se!

E cadê o tempo para conviver?

Não dá mais. Por isso o boom das redes sociais.
Já falei com vocês sobre o dia em que descobri o por quê de tanta gente ficar online o tempo todo!

Não temos mais tempo pra estarmos juntos.

Eu mesmo quis me convencer de que isso não me afetava, mas acabei descobrindo que sinto uma falta tremenda daqueles momentos de partilhas e risadas!

Sim... Eles ainda acontecem hoje! 
E de uma maneira maravilhosa!

Mas falo de mais gente!

Utopia...

Não tem mais jeito, minha gente! 
Somos escravos do relógio, das linhas de ônibus, estações do metrô, embarques e desembarques nos aeroportos da vida...

Fazer o quê, né?

Faz parte do pacote da vida.

Sei que nenhuma linha do que escrevi ou do que estou escrevendo mudará a sua vida em nada.
Apenas quis partilhar com você, falar com alguém.
Afinal, hoje não dá mais tempo de sentar diante de você, e dar aquela gargalhada que tanto faz falta.

Enquanto isso, falamos cada vez mais sozinhos nas redes sociais.

Parafraseando o Marcelo Tas, quando falava no Twitter sobre o Twitter: "O Twitter é como um pátio de loucos. Todos falamos ao mesmo tempo. Eventualmente alguém nos responde."

Beeeem verdade!

Prato cheio para os psicólogos de plantão!

Afinal, uns usam o Twitter para desabafar.
Outros usam o Facebook.
E outros, usam um blog, como esse aqui...


Postar um comentário