sexta-feira, 9 de abril de 2010

Voltando.


Oi!
Escrevo esse post enquanto estou num retiro!
Um retiro interior! Retiro esse onde resolvi me ausentar um pouco da internet para ter mais tempo de me organizar interiormente!

Senti hoje a necessidade de escrever aos irmãos e às irmãs, almas escolhidas por Deus para mostrar o caminho do Céu para outras pessoas!

A cada dia que passo percebo que menos sei e que preciso aprender mais!
Muitas vezes me deixei levar pela minha humanidade. Perdi o foco daquilo que Deus me pediu. Vi pessoas que amo se afastando de mim, e eu pensava não saber o motivo disso tudo.
Esse “retiro” me ajudou a ver no que estava errando. E o esforço para não voltar ao erro não será pouco. Conculpiscência.

Peço encarecidamente à você, que foi eleito pelo Pai para levar-nos ao Céu: Não perca o foco! Mantenha-se firme! Seja vigilante!
Não queira passar pelo deserto, sem ter a certeza de que não há uma mão para te ajudar e te consolar nas tribulações.

Eu pensei que aquelas almas tinham ido para longe porque tinham desistido de mim. Mas fui eu quem as afastei. A confiança é como cristal.
Eu esqueci que cada um é de um jeito. Esqueci que cada um tem um jeito de amar. E que ninguém é como é porque quer.

Reconquistar! Como?! De que jeito?!
Peço aqui licença para citar o grande Mario Quintana: “O segredo é não correr atrás das borboletas... É cuidar do jardim para que elas venham até você!”
Mas penso aqui com os meus botões: E se as borboletas não voltarem?!
Peço então à Deus que me dê forças para que me contente com as flores!

De todo mal, Deus tira um bem maior. Espero então que eu tenha aprendido com os meus erros, e que não mais volte a cometê-los. Eu sei que não vale a pena.

Quanto às borboletas que se foram, resta-me apenas desejar que tenham encontrado lindos jardins, regados por quem sabe amar de verdade, com respeito e entendimento! Que as flores desses jardins as façam muito felizes!

Amei ter tido a graça de você ter estado em uma de minhas primaveras!
Em mim, tenho a certeza de que carrego o que de mais belo aprendemos nessa linda estação!
Agora é hora de ir!
Deixa eu cuidar do meu jardim!

[Nota do editor]Escrevi esse post nos primeiros dias do meu retiro!
Hoje, graças a Deus, o Senhor já fez muito em meu coração!
Estou feliz pelo retorno e pelo reencontro de mim mesmo! É um processo, eu sei! Mas como é bom caminhar...!

Postar um comentário