sexta-feira, 29 de junho de 2012

Faz tempo, mas parece que foi ontem!

Lembro como se fosse ontem!
Era época de Natal!
Eu, meus pais e meu irmão andávamos pelo Calçadão (naquele tempo, só tinha um aqui em minha cidade). O tempo tava meio chuvoso!

Meu pai resolveu passar numa loja de discos (misericórdia... O CD ainda não existia!) para comprar algo pra ouvirmos em nossa vitrola! 

Ahahahaha! Vitrola!

Poderia chamar de toca-discos, mas sempre preferi vitrola! O nome é mais engraçado!

Mas então!
Quando eu o vi, com aquele disco nas mãos, pensei comigo:

"Mas que porcaria é essa?!"

Acho que só pensei mesmo! Afinal de contas, o dinheiro e o gosto eram dele!
Claro que protestei! 
"Mas pai... Não tinha nenhum disco melhorzinho não?!"

Lembro que na época, detestei o disco. Musiquinhas chatas e sem sal!

O que sei, é que nos programas românticos que eu viria a fazer anos mais tarde, eu tocaria muitas vezes músicas daquela banda!
Sempre foi muito solicitada! E como coloquei hoje, no meu Facebook, que bom que música não tem prazo de validade! E as boas (gostaria de ressaltar aqui: as boas), não caem no limbo do esquecimento!

No fim, aprendi a gostar daquela banda!
E uma das que mais gostei no disco, foi essa!



Postar um comentário