terça-feira, 3 de julho de 2012

Viver: um ode à felicidade!

Obrigado felicidade que invade a alma, que mesmo em meio aos desafios que enfrento no dia-a-dia, me dá forças e ânimo pra lutar!

Sim, porque o sol sempre vai brilhar no horizonte, mesmo quando as nuvens não permitirem que eu o veja!

Difícil tarefa para o ser humano, que geralmente crê naquilo que vê, e não no que sente!
Num mundo onde as pessoas valem pelo que tem, e não por quem são, ser feliz sempre tem suas consequências...

Mas ok!

Hoje quero ouvir música alta! Matar a saudade de quem eu amo (nem que seja através de uma simples fotografia), quero curtir o meu cachorro, conversar pela internet, agradecer à Deus por mais esse dia de vida!

Um ode à felicidade, que tantos tentam nos tirar, e que tantos permitem que a tirem!

Fico imaginando sobre as conversas que já tive com aquelas pessoas que viveram (e algumas ainda vivem) com mais de 80 anos!
Gosto de perguntar sobre seu passado, sobre como veem o mundo de hoje (tão diferente do tempo deles), e de como se comportavam em determinadas situações!

Tempo no qual as preocupações eram outras! Quando tudo se resolvia de maneira diferente!

Fico fascinado com a felicidade dessas pessoas!

Sim, é verdade... A vida de ninguém é um mar de rosas, mas quanta sabedoria... 
Às vezes, quando eu expunha um "problema" pelo qual estava passando, essas pessoas riam e diziam que "não valia a pena sofrer por aquilo", e que eu, um dia, "iria perceber que aquilo não tinha importância alguma"!

Creio que isso tenha colaborado para que eu me tornasse uma pessoa mais pacífica, mais tranquila, em relação à tudo!

O que hoje em dia, é muito incomum! As pessoas tem a tendência de se preocuparem demasiadamente com tudo e com todos! A famosa "tempestade em copo d'água"!

Certa vez escrevi algo no meu Facebook: "Há coisas que não valem a minha preocupação! Não estou a fim de uma úlcera péptica!"

É fato que hoje em dia se adoece muito mais por estresse do que antes! 
Você poderia me dizer: "Mas Márcio, é claro! Os tempos são outros!"

É verdade! Muita coisa mudou! Se seguíssemos os conselhos daqueles que já viveram muito mais do que nós, em relação às preocupações cotidianas, tudo seria melhor!
Mas não!
Esse povo "ultrapassado" não tem mais o quê passar, não é verdade?!
Afinal, nos tempos da internet quase na era 4G, informação "à dar com o pau" e correria a mil, não temos mais tempo para ouvir...

Alegria! Felicidade! A vida segue!

Vamos aprendendo a cada dia um pouquinho mais!

E o que cada um deixa em nós, que seja experiência!

Experiência, sabedoria, e alegria de viver!



Postar um comentário