quinta-feira, 17 de julho de 2008

O que reflete a Lua?

Olhando para o céu, lá ia eu meditando sobre o companheirismo daquele corpo celeste que me acompanha há anos (desde que nasci, para ser mais exato)!
Solitária nas noites mais escuras, e acompanhada nas noites mais claras! Muitas vezes, as estrelas fazem companhia! Lua! Lua que inspira poetas e apaixonados, românticos, pelo numdo afora! Quem é que nunca deu ou ganhou a Lua algum dia! Coisas do nosso coração!
Também é sinônimo de tristeza às vezes! Lembro-me, muitas vezes dos momentos tristes que passei, contemplando-a! Momentos de dor, vazio, solidão...
Mas isso, pelo menos para mim, é passado! No momento presente, pelo menos!
Ontem fiz uma analogia entre a rosa e a mulher! Hoje, permita-me novamente lembrar à luz da lua, a figura de sua amizade!
Assim como as pessoas, a lua tem fases! Quarto Crescente, Crescente, Cheia, Quarto Minguante, Minguante... Às vezes estamos por cima, às vezes estamos por baixo, mas estamos sempre no alto, estamos sempre no céu da vida! Não o céu paraíso, mas o céu da vida, do viver, do conviver! E é muito bom estar rodeado por pessoas como você, que são como a lua, que é como a lua! Muitas vezes procurei-a no céu, mas não achei... Mas que bom saber que ela estava lá! Que bom que, em meio à muitas viagens e "viagens", tenho a companhia daquela lua, daquela amizade, que passa por provas, para tornar-se tão brilhante como uma Lua Cheia!
Ainda mais quando você deixa que a Luz de Deus brilhe em você! Agradeço por voc~e ser como a Lua nesses momentos, em que tanto preciso. Todos temos uma "luz" natural, a luz da alma, mas corriqueiramente, precisamos de algo mais. Daí, que bom que você permite ser humilde o bastante para dizer "O possível eu faço, o impossível deixo que Ele faça por mim!"
A Lua não tem brilho próprio! Interessante e curiosa essa informação, apesar de verdadeira! Hoje, ela está linda no céu! Tive a curiosidade de olhar no calendário: Somente amanhã ela ficará plenamente cheia! Mas está repleta de esplendor, linda, brilhante, contagiante, apaixonante... com uma luz que não é dela...Mas ela é humilde o bastante para deixar refletir em seu "corpo" a Luz do Sol, o verdadeiro Rei do Céu, o astro maior, que se rende à beleza da Lua! (Já ouvi dizer que ele não sai a noite para não apaixonar-se ela Lua!)E através desse reflexo, brilha para cada um de nós, apaixonados pela luz do reflexo!
Mas por quê insistir tanto na ação reflexiva da Lua, que permite refletir nela a Luz do Sol?! Simples, meu querido, minha querida: A Lua, é você! O Sol, é Deus! E na minha vida, se não fosse a Luz de Deus que você reflete, eu teria passado por noites muito mais escuras... E não foram poucas... Mas que bom saber que você me acompanha na Lua! Ou seja, nem sempre estará brilhante e imonente no céu (como está hoje), mas saberei que sempre estará lá! Minguante ou não, Crescente ou sim! Agradeço! Agradeço pois, se na minha vida a Luz de Deus brilha, é porque pessoas como você tem a grandeza de permitir Deus falar em você! Seja Luz! Aprendamos cada dia mais ser luz, um para o outro, uns para os outros. Assim, vamos garantir que mais pessoas tenha nelas, a Luz de Deus.
Deus tudo transforma! Olhei para a Lua muitas vezes, triste por ser ela a minha única companheira... Hoje, com sua chegada, olho para a mesma de uma maneira diferente! Olho para ela, sabendo que você também a vê, e nela vê a Luz do Sol... refletida, é verdade! Mas é como a Luz de Deus... Que vejo... refletida em você! Obrigado. Obrigado pela luz nas noites escuras. Pela luz, nos meus momentos de escuridão. Isso me anima ainda mais, à buscar todos os dias, a Luz do Alto, que reflete em você!
Olho e enxergo na Lua, a nossa amizade! Que reflete Deus!
Postar um comentário