quinta-feira, 24 de julho de 2008

Saudade: Palavra intraduzível!

Estava pensando hoje, com os meus botões, o que é a saudade!

Acho bonito o fonema, a escrita dessa palavra! "Saudade!" Parece que em nenhum outro idioma esse substantivo abstrato tem tradução! Ou seja, é um sentimento original nosso!

Poderíamos até dizer I miss you... mas, na minha opinião, nada se compara a "Senti saudade de você!"

Palavra cantanda em tantas canções, tantas lembranças!
Sentimos saudade de várias coisas, situações, momentos, sentimentos, pessoas...

Coisas!

Nos lembramos de nossos brinquedinhos e sentimos saudade deles (porque, afinal de contas, somos apenas crianças crescidas), de como nos divertiam, como ocupavam o nosso tempo! Lembro-me dos meus carrinhos, meus soldadinhos, meus aviões, transformers! Rsrsrs!!!

Situações!

O dia em que meu pai me levou ao parque de diversões, e ele e meu irmão foram num aviãozinho, e eu em outro... Quando eu ainda gostava de pescar (tinha paciência ainda), e ficava lá... horas na beirada do rio! Dos domingos à tarde quando íamos até a casa de minha avó Vicentina, e depois até a casa da avó Maria...! E quando a gente almoçava ou jantava então na casa de uma e na casa de outra?! Nossa...! Era um espetáculo!!!

Momentos!

Ah... momentos!!! Lembro-me de minha Primeira Comunhão! Da minha formatura da 8ª série... da minha formatura no Colégio, onde tive o privilégio de ser o orador de minha turma! Quando fui pedir a menina em namoro! Lembro-me também dos momentos engraçados e embaraçosos que já vivi!!! Hoje, quando me lembro, até sorrio, mas na época, a vontade era de chorar!!!Faz parte do crescer!

Sentimentos!

Quem é que esquece a primeira paixão?! O primeiro amor, mesmo que não correspondido!!! Acredito que a maioria seja assim, não?! Rsrs!! A Primeira desilusão, primeiro coração partido... Mas também a alegria do primeiro beijo (sim, para nós rapazes isso também é especial), o primeiro amor correspondido, as primeiras trocas de olhares, paqueras, rostos corados... A primeira alegria em saber que superou aquela dificuldade, e por isso tornou-se mais forte!

Pessoas!

Ah! Tá aí algo com o que convivemos sempre! Saudade daqueles que já se foram, e deixaram corações que ainda os amam aqui na Terra... Saudade dos amiguinhos da escola que nunca mais vemos (o que será que aconteceu com eles?)... Saudade dos que estão longe e dos que estão perto!!! É verdade que a internet, o celular, estão aí para amenizar a saudade, a dor que ela causa! Mas, como converso e confesso à minha confidente, e melhor amiga, nada supera a conversa ao vivo!! Ufa! Ainda bem que não estamos longe! Estamos dentro do coração um do outro!

É impressionante o que a saudade causa em nossos corpos, até fisicamente falando! Nosso ser grita pela presença! Pela companhia! Pelo bate-papo, pela conversa, partilhas e trocas de experiências!!!

Por isso concordo com você!

Temos de cuidar com muito carinho desse nosso tesouro, que é nossa amizade!

Tesouro rico, inabalável! Não importa o que aconteça, sempre será bem cuidado! Acredito piamente nisso!!!

Muitas vezes é triste sentir saudade dos que ns rodeiam, mas é fato. Acontece! Mas muitas vezes também é uma saudade gostosa! Mal vemos a hora de nos vermos para colocar a conversa em dia!! Mesmo que tenhamos nos falado há pouco! Faz parte da saudade! Amo sentir esse tipo de saudade!

Falando em saudade...

... bateu uma saudade de você!

Saudade... Palavra intraduzível! Mas repleta de significado!

A falta que você faz...

E a alegria de reencontrar!!!

Postar um comentário