sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

PAGE 34 OF 366: JOGOS DE LUTA, NA VISÃO DO #LUDOBARDO

Hoje, falando da narrativa dos games de luta!
Gente, na boa...
Só o Arthur pra me fazer rir mesmo, às 03:50 da manhã, que é a hora onde redijo esse post!

Tava aqui, preparado pra desligar o PC, quando fui programar um dos posts do blog, e vi que a página 34 das 366 cairia numa sexta! Ou seja, dia de vídeo do canal Vagrant Bard aqui!
Hoje, o sétimo episódio!

E o cara fala da narrativa dos jogos de luta! Ou da falta dela!

No desafio, todo confiante!
Esse foi o primeiro vídeo que vi, do LudoBardo!
Adorei a edição e o bom humor com o qual o cara retrata os games!

Revendo o vídeo (que será postado ao fim desse texto) aqui, me vieram duas coisas à essa cabeça já sonolenta: a época na qual me apaixonei pelos games, e o fato de, na época do lançamento desse vídeo, Mortal Kombat 9 não ter sido lançado ainda!
Sim, porque ele não menciona no episódio, e não lembro (me perdoem por isso) se ele fala desse jogo (MK 9) nos próximos vídeos...

Isso me fez rir muito...
... na madrugada! Ahaha!
Bem, quanto aos desafios nos fliperamas, eles também aconteciam comigo!
E geralmente a "pancadaria" rolava solta no Street Fighter Zero 2 e no Tekken 2, que eram os tops de linha nos idos de 1997!


Modéstia à parte eu era (e continuo sendo, hoje nos consoles) muito bom!

E quanto ao Mortal Kombat 9, se você um dia tê-lo em mãos, não deixe de jogar o modo História, que narra (e muito bem) toda a mitologia das personagens! Aí sim é um exemplo de ótima narrativa!

Bem, hoje o sr Protásio fala dos games de luta, que tem cada histórinha... Que pelamor!

Assista o vídeo, para você entender!

Agora, deixa eu revisar e editar isso aqui, porque preciso tentar dormir!
Abraço, e até amanhã!

LudoBardo | Ep. 07 | Fase 5-1 | Jogos de Luta: Fracassos Embutidos - Street Fighter 4


Postar um comentário