quinta-feira, 1 de julho de 2010

Não nascemos com o coração de pedra.

Às vezes ficamos assim ao longo da vida.
Postar um comentário