sexta-feira, 15 de agosto de 2008

O Jardim da Vida

Penso nessa manhã nas mais belas coisas da vida, através da idade que avança a cada dia! Nós na nossa meninice, levando a infância no dia-a-dia!

Imagino você brincando, sem as preocupações que a vida impõe nos dias de hoje! Por mais que houvessem problemas (e ele sempre existem, a maneira de vê-los é que muda), seguimos em frente! E aqui estamos hoje!
Não te conheci na infância! Na verdade, até conheci um pouco tarde já! Mas com certeza foi uma criança linda de dar inveja! As amiguinhas deveriam olhar você e pensar: "Como ela é munitinha!"

Rsrsrs!!!

Como deveria ser suas manhãs?! Será que acordava cedo?! Ou mais tarde?! Acho que de tarde, né?! Ou melhor, mais tarde! Afinal... prá quê acordar tão cedo assim?!

Mas criança tem muita energia! E você sabe bem disso!

Então penso que você também devia ser assim!

E quando você foi entrar na escola?! Imagino sua surpresa com um mundo novo, cheio de coisas para descobrir! Novos amiguinhos para se fazer! Novas brincadeiras para aprender! Lanchinho prá dividir! Tapas para dar?! Rsrs!! Você era "braba"? Rsrs!! Vai que um doido ou uma doida tentasse tirar seu lanchinho!

Se eu fosse seu amiguinho já nessa época... eu não deixaria! Aí você dividiria comigo!! Hehehe!!

Coisas belas que ficam no nosso passado, né?! Hoje, assim como eu, você deve imaginar por onde anda a Denise... aqueles outros amigos e amigas que ficaram marcados na memória! Um dia você comentou sobre a Denise, não?! Se errei o nome, me perdoa! Mas acho que era isso mesmo! Se não for, pode trocar o nome!

Aaaah! Como queria ser seu amigo desde lá, no jardim da infância! Mas, como sempre dizemos, Deus faz as coisas no tempo certo!

O importante, é que no jardim da minha vida, você é como a rosa do pequeno príncipe! A mais linda flor, a mais linda amizade! A raposa ensinou bem! O tempo ensina a amarmos mais aqueles que nos são caros! E ele foi responsável pela nossa história!

Água para regar quero sempre ter! As podas às vezes são difíceis e dolorosas, porém necessárias para crescermos mais fortes!

Imagino que as podas na sua vida não tenham sido fáceis, assim como na minham não foram e não são... Queria estar lá para ajudar... Mas assim como aquele homem que ajudou a borboleta, e por isso a matou, eu não poderia fazê-lo. Você tinha de ganhar forças para aquilo que estava por vir! E hoje se tornou essa frágil forte menina mulher! Gosto de pensar que somos crianças grandes! Somos crianças que cresceram!

Pôxa vida! Que "pontinhos!" Cadê o manual da vida?! Que ensina como devemos crescer e como nos comportar nessa vida enquanto crescemos?! Ave... Não é fácil, né coração?!

Mas a gente segue!

Sabe onde penso que Deus escondeu o manual?! Na vida e no coração do amigo! Sim, mas só vai ter a graça de encontrar, quem se render à amizade verdadeira, aquela em que o coração até dói de tanto amar! Seria muito fácil se, quando nascêssemos, nossos pais recebessem no hospital um livro com a recomendação "Leia para ela (ele) todos os dias"; Deixe que aprenda assim!"

Não!

Deus quis que pudéssemos contar uns com os outros! Como reagir a determinada situação?! Para ser melhor em algo, vem a póda! E que bom que no jardim da vida, existam pessoas como você, para cuidar bem das flores que Ele mesmo colocou aqui dentro de mim!
E a água que rega o verdadeiro presente de sua presença em minha existência vem do coração dEle!

Por isso toda essa "especialidade!"

Engraçado... hoje, na caminhada, vi várias flores. Lindas! Coloridas! Mas o Pai, em sua sabedoria, não fez nada mais belo do que o ser humano! As flores podem ter perfume, mas não tem sentimentos!

Você tem os dois! Rsrs!

"Perfumosa", inteligente, "chalmosa", bacana...

Algumas das suas qualidades! Ah! Inclua divertida aí também!!!

As flores podem exalar o que elas mais tem de belo, e embelezam os caminhos por onde passo... porém, ensinar à viver, como você ensina, é só para os sábios!

Sexta-feira! Desde já, rezo pelo seu final de semana! Tenha ótimos segundos, ótimos minutos, ótimas horas de existência!

Obrigado, folor!

Obrigado por fazer parte de uma maneira tão especial no Jardim da minha vida!




Postar um comentário