segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

PAGE 30 OF 366: PENSANDO EM VOCÊ!

Tô aqui, divagando, às 03h03 da manhã!
Ouvindo Norah Jones, enquanto digito esse texto, pensando em você!

Será que você já dormiu?!

Olho pro telefone, penso em te ligar... Mas desisto de fazê-lo! Pode ser que já tenha dormido!

Ouço "Don't know why", e não sei o por quê de essa música me lembrar você!
Ela não faz parte de nossa história, mas mesmo assim, é bom ouví-la, com um sorriso, no canto dos lábios!

Ela acabou aqui, deixa eu dar o replay, peraê!

Pronto! Começou o piano de novo!

Mas então... O que eu tava dizendo?!

Ah é! De não saber o motivo pelo qual essa música me lembra você! Rsrsrs (Mania de rir assim! Fruto de tantas sessões de MSN's da vida, o qual não uso há um bom tempo)!

Enquanto ouço essa música, crio na minha cabeça um clipe de nós dois!
Inédito no Youtube, na MTV, na Vh1, e em tudo o que existir de canal de clipes, à não ser a minha mente!
O cenário, é um bosque lindo, um jardim, durante uma tarde de outono!

Amo outonos!

Aquela cor dourada, de fim de tarde, sabe?! Aquele ventinho que começa ali por volta das quatro da tarde!
Você, com um lenço lindo em volta do seu pescoço, um chapéu branco, fino e elegante! Branco que contrasta com sua pele branca também!

"Nossa, como é branca!" - Diriam os outros!

Mas e daí?! Os outros são os outros!

O que importa, nesse caso, é o que eu penso! Desculpe a petulância!
Foi proposital! E não me arrependo!

Um pouco mais afastado de nós, existe um casal, já bem idoso!

O velho senhor (com todo o respeito, o termo "velho") cochicha no ouvido da amada, enquanto não tira os olhos de nós dois, enquanto sorrimos e rodopiamos ao som da Norah, sem saber de onde vem a música!

A velha senhora (o respeito se faz presente aqui mais uma vez), sorri também! Talvez se recordando dos tempos deles, quando o tempo e o vigor físico os permitiam dançar assim também!

A música acaba, os nossos olhos se encontram, e o silêncio fala mais alto, em meio ao sorriso que damos um para o outro!

Será que você já dormiu?!
Acho que já.
Permita-me passar mais uma madrugada em claro.
Pensando em você!





Postar um comentário