quinta-feira, 5 de janeiro de 2012

PAGE 5 OF 366: NECESSIDADE E EXAGERO

- Fiz questão de colocar aquela nossa música, antes de vir pra cá!
Sim! Aquela mesmo que dançamos até amanhecer, naquela linda noite de luar!
Gostaria de ressaltar que me senti nas nuvens enquanto te abraçava!

Ah, como era bom sentir o seu cheiro!

Cheiro do perfume que jamais esquecerei!
Esse olhar lindo que você tem! Esses cabelos esvoaçantes que me fazem viajar pra fora da Terra, próximo às órbitas mais inóspitas desse universo, e voltar aqui, diante de você, como se o tempo nem tivesse passado...

Não!

Não quero sair do seu lado. Preciso de você!
Preciso ouvir sua respiração! Preciso ouvir você falando de manhã, que adoraria um café e, quando resolvesse acordar de verdade, ver que ele já está ali, preparadinho pra você!

Daí a gente viveria o dia todo, nos amando, nos respeitando, crescendo juntos! Envelhecendo juntos!
Sim! Instantes e momentos mágicos que não cabem aqui dentro de mim!

Com você, na sua presença, me sinto mais completo!

Não importa o que passemos! Não importa o que teremos de atravessar, jamais deixarei que caminhe sozinha!
Estarei sempre te apoiando, sempre te guiando para uma vida que você sempre pediu à Deus!
Não será fácil... Eu sei. Mas prometo que vou me esforçar, todos os dias!

E é por isso que vim aqui hoje, te dizer tudo isso! Acreditando que aceitará fazer parte de minha história todos os dias, afinal de contas, eu seria capaz de ir ao sol, e tirar toda a energia dele pra você, se necessário fosse!

Como já disse, você me completa! Você me faz ser quem sou! Com você sou feliz de verdade! Entrego minha existência em suas mãos!

Não, não chore...

Tudo bem então. Pode chorar. Mas deixe que eu seque suas lágrimas!

- Mas eu não tô chorando!

- Ah não?!

- Não!

- Ah tá! Desculpe! Pensei que estava! Hehehe!

- Mas e então?! Você tem carro?!

- Carro?! Não!!! Ahahaha! Que pergunta! Ainda não! Mas por que?!

- Nada não! Olha, preciso entrar agora. Qualquer coisa, te ligo mais tarde, tá?! Valeu!

Bam.

Click.



Postar um comentário