domingo, 15 de julho de 2012

Sobre uma estranha felicidade!

Nem mesmo ele entendia direito!
Uma estranha sensação de felicidade ao acordar naquele dia!

Até mesmo o canto dos pássaros (que insistiam em despertar às quatro e meia da manhã) não irritaram-no naquela ocasião!

Resolveu levantar e caminhar um pouco!

Andava por entre as ruas, já tão conhecidas dele! 
Afinal, mora ali desde que nasceu!

Viu tanta gente nascer, tantas pessoas que se foram!
Outros cresceram e mudaram. E ele ali, conferindo tudo de perto!



Num determinado ponto da via, cerrou os olhos e levantou a cabeça!
Deixou que os raios do sol o atingissem, sem rodeios!
A brisa leve da manhã era fria, mas nem por isso, menos deliciosa!

Pensava na sorte de estar vivo! Na dádiva que havia recebido de Deus por poder contemplar aquela linda manhã!

Parceiro de longa data, seu celular (que servia mais como player de música) estava ali! Não o deixava sozinho nem um minuto! 

Havia caprichado no playlist, um dia antes, mas não por querer caminhar na manhã seguinte! 
As músicas que ali estavam tinham o intuito de distraí-lo no caminho do seu serviço!

Mas arrumou uma utilidade melhor: ser a trilha sonora daquele maravilhoso dia!

Sorria sem medo de que as pessoas o considerassem um louco! 
E daí se assim pensassem?! "De bobo e louco, todo mundo tem um pouco!" - pensava consigo mesmo!

Tirou o dia para ser feliz! Andar à toa! Deixou as preocupações para depois! Tudo a seu tempo!

Cumprimentou a dona que por ele passava! Aquela que sempre perguntava de sua vida (principalmente a amorosa)! Personagem de todos os dias!

De repente, uma bola voou em sua direção, quase acertando sua cabeça!
Se isso acontecesse, com certeza os headphones voariam longe também!

Mas não se importaria! Não àquele dia! Se o mundo acabasse, estaria de bom tamanho!
Alegria gratuita numa manhã de domingo, na qual resolveu ser feliz!
Simplesmente ser feliz! E nada mais!



Postar um comentário